top of page

Segredos de um Pediatra: Homeopatia e Bioterápicos que Você Precisa Conhecer!

Tratar de Forma Natural: Alternativas Homeopáticas para Sintomas Comuns

A saúde dos nossos pequenos é sempre uma prioridade, e muitos pais buscam alternativas naturais para complementar os cuidados médicos tradicionais. A homeopatia oferece uma abordagem suave e eficaz para tratar sintomas comuns em crianças, respeitando o organismo e promovendo o bem-estar geral.


O que é Homeopatia?

A homeopatia é uma prática médica que utiliza substâncias naturais altamente diluídas para estimular a capacidade de cura do corpo. Desenvolvida no século XVIII pelo médico alemão Samuel Hahnemann, essa abordagem baseia-se no princípio de "similia similibus curantur" (os semelhantes são curados pelos semelhantes). Em outras palavras, uma substância que causa sintomas em uma pessoa saudável pode, em doses muito pequenas, tratar sintomas semelhantes em uma pessoa doente.


Alternativas Homeopáticas para Sintomas Comuns


Inverno

Sintomas Comuns: Resfriados, gripes, dores de garganta, tosse, sinusite

  1. Aconitum napellus:

  • Usado no início de resfriados ou gripes, especialmente após exposição ao frio seco. Indicado para febres súbitas e intensas.

  1. Belladonna:

  • Para febres altas com rosto vermelho e quente, dor de garganta intensa e inflamações rápidas.

  1. Gelsemium:

  • Indicado para gripes com sensação de fraqueza, tremores, dor de cabeça e febre.

  1. Hepar sulphuris:

  • Usado para dores de garganta com sensação de espinho, especialmente se há risco de formação de pus.

  1. Eupatorium perfoliatum:

  • Para gripes com dores corporais intensas, febre e sensação de ossos quebrados.

  1. Arsenicum album:

  • Indicado para resfriados e gripes com coriza ardente, fraqueza geral e ansiedade.

  1. Bryonia:

  • Para tosse seca e dolorosa que piora com movimento, sede intensa e dor no peito.

  1. Pulsatilla:

  • Para resfriados e sinusites com secreção nasal espessa e amarelada, que pioram à noite e melhoram ao ar livre.

  1. Allium cepa:

  • Para coriza abundante e espirros constantes, com ardor nos olhos e no nariz.

  1. Antimonium tartaricum:

  • Para tosse produtiva com dificuldade em expectorar o muco, especialmente em casos de bronquite.

Bioterápicos Comuns no Inverno:

  1. Influenzinum:

  • Usado como preventivo e tratamento para gripes, preparado a partir do vírus da gripe.

  1. Oscillococcinum:

  • Indicado para sintomas iniciais de gripe, ajudando a reduzir a severidade e a duração dos sintomas.

  1. Thymuline:

  • Fortalece o sistema imunológico, especialmente durante surtos de gripes e resfriados.

Medicamentos para Controle dos Miasmas no Inverno:

  1. Sulphur:

  • Usado para tratar psora, que é relacionada a doenças crônicas da pele e problemas respiratórios recorrentes.

  1. Psorinum:

  • Indicado para psora, especialmente em casos de problemas crônicos de pele e fraqueza geral.

  1. Medorrhinum:

  • Para controle da sicosis, associada a problemas respiratórios crônicos e infecções recorrentes.

Verão

Sintomas Comuns: Problemas digestivos, insolação, desidratação, picadas de insetos, alergias sazonais

  1. Arsenicum album:

  • Usado para problemas digestivos como diarreia e vômitos após intoxicação alimentar, acompanhados de grande sede e ansiedade.

  1. Nux vomica:

  • Para indigestão, náusea e constipação após excesso de comida ou bebida.

  1. Belladonna:

  • Indicado para insolação com febre alta, rosto vermelho e sensação de calor intenso.

  1. Glonoinum:

  • Usado para sintomas de insolação com dor de cabeça pulsátil, tontura e confusão mental.

  1. Apis mellifica:

  • Para picadas de insetos com inchaço, vermelhidão e ardor. Também indicado para alergias com urticária.

  1. Ledum palustre:

  • Indicado para picadas de insetos com sensação de picada e prurido.

  1. Natrum muriaticum:

  • Para sintomas de desidratação, como sede intensa, secura de boca e lábios rachados.

  1. Chamomilla:

  • Usado para cólicas abdominais em bebês e crianças, especialmente se há irritabilidade.

  1. Rhus toxicodendron:

  • Para alergias de pele com coceira intensa, erupções cutâneas e sensação de queimação.

  1. Carbo vegetabilis:

  • Indicado para casos de fraqueza extrema após desidratação, com necessidade de ar fresco.

Bioterápicos Comuns no Verão:

  1. Dengueinum:

  • Utilizado na prevenção e tratamento auxiliar dos sintomas da dengue, feito a partir do vírus da dengue.

  1. Hydrophobinum:

  • Para prevenção de raiva após mordidas de animais suspeitos, especialmente em áreas endêmicas.

  1. Pyrogenium:

  • Indicado para infecções sépticas e problemas digestivos graves, especialmente quando há febre alta e sintomas de intoxicação.

Medicamentos para Controle dos Miasmas no Verão:

  1. Medorrhinum:

  • Para controle da sicosis, associada a problemas digestivos crônicos e infecções recorrentes.

  1. Thuya occidentalis:

  • Usado para tratar sicosis, que está relacionada a problemas crônicos de pele e verrugas.

  1. Syphilinum:

  • Indicado para controle da sífilis miasmática, que pode manifestar-se como úlceras crônicas e doenças ósseas.

Conclusão

A escolha das medicações homeopáticas pode variar bastante conforme a estação do ano, pois os sintomas e condições predominantes também mudam. Durante o inverno, focamos em tratamentos para problemas respiratórios e febres, enquanto no verão, a ênfase é em problemas digestivos, insolação e reações a picadas de insetos. Além disso, o controle dos miasmas é essencial para tratar condições crônicas e prevenir recorrências. Sempre é importante consultar um médico homeopata para a escolha e dosagem adequadas dos remédios, garantindo segurança e eficácia no tratamento.


6 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating